Como evitar queda ao levantar da cama

É possível que alguma vez você já tenha caído da cama, acontece com frequência na infância, mas pode ocorrer também com idosos, e nesta fase, os riscos da queda podem ser maiores. Observa-se que a partir dos 60 anos a frequência de idas ao banheiro aumenta, isso porque, o sono fica mais leve e até curto, e ainda, para os homens há o aumento da próstata e nas mulheres a recorrência de incontinência urinária.

O fato de cair da cama pode ser relacionado a forma como se levanta, causando desequilíbrio e consequentemente à queda, e também com agitações ligadas à problemas neurodegenerativos. Na terceira idade há ainda predominância de apneia do sono, redução da mobilidade e visão, e o uso de medicações que despertam, todos pontos que podem ser propícios para uma possível queda.

  • Altura da cama: o ideal é que não ultrapasse o nível do joelho para facilitar tanto no momento de deitar, quanto de levantar.
  • Colchão com estabilidade: o colchão deve ser firme, para que ao se mexer na cama não balance muito, e assim, evite desequilíbrio.
  • Fonte de luz: é indicado que tenha sempre um ponto de luz, perto da cama e no caminho até o banheiro, seja um interruptor, lanterna ou um abajur, para que o idoso possa se localizar melhor.
  • Nada de tapetes ou móveis baixos: ambos podem ser causas de tropeços, e consequentemente quedas. Portanto, evite-os.
  • Barra nas laterais da cama: essa se aplica aos casos mais graves, quando há problemas como artrose, ou necessidade de andadores/bengalas.

Para finalizar, é importante reconhecer as limitações de cada pessoa, em contextos específicos, pode ser necessária a supervisão e ajuda de um cuidador.